Em 2015, as tendências apontam que o consumo de conteúdo na Internet por celulares, irá superar o de desktop na América Latina. A quantidade de conexões móveis chegou a 38% do nível global e está aumentando

 

De acordo com essa realidade, apontamos três tendências móveis e de marketing digital que podem ser oportunidades para as empresas.

1. Serviços e aplicativos criados apenas para dispositivos móveis. Caracteriza-se Por considerar e aproveitar as capacidades exclusivas dos dispositivos móveis, como a geolocalização, câmera, pagamentos e etc. Entre estas tendências buscamos um exemplo evidente, que são serviços como Easy taxi e 99Taxis.

paguecomcelular

 O usuário móvel quer cada vez mais uma melhor e mais inteligente experiência. Uma boa mostra disso, são os varejistas nos EUA, como a Urban Outfitters, que usam a geolocalização para disponibilizar ofertas relâmpago por meio do seu app enquanto os consumidores estão em suas lojas.

2. Programas de fidelidade e pagamentos por dispositivos móveis. A revista CMO realizou um estudo onde, 80% dos benefícios futuros da sua empresa virão de 20% dos seus consumidores atuais e, de acordo com o Thomson Group, as empresas precisam investir 6 vezes mais para conseguir um novo cliente do que para vender ao que já é fiel à marca. Por isso, dentro das tendências, as estratégias móveis se tornaram a ferramenta ideal para as marcas oferecerem valor agregado e gerarem maior participação e preferência dos consumidores de uma determinada marca.

3. Internet em tudo. Até o momento, vimos alguns exemplos de aparelhos “inteligentes” conectados à Internet para realizar funções adicionais, porém, de acordo com as tendências nesta área, a previsão é de que neste ano vamos presenciar a massificação dessa tecnologia. O primeiro passo já aconteceu. Atualmente, são várias as marcas produzindo relógios inteligentes como parte da tendência dos “wearables”. Esses dispositivos móveis irão servir como controle remoto para outros aparelhos inteligentes conectados à Internet, ajudando a consolidar essa tecnologia.

Tudo isso, tendências se unindo ao mundo de multitelas em que vivemos, como computador, celular, tablet, TV inteligente, exige que as marcas se adaptem e aproveitem a grande quantidade de oportunidades criadas por esse universo multicanal. Portanto, a criação de estratégias digitais bem sucedidas irá depender principalmente da compreensão e mensuração do novo público permanentemente conectado à Internet.

Fonte: Proxxima